Antes de tudo, este não é um post pago. Ele é baseado na felicidade de encontrar um restaurante bom ao lado de casa.

Numa dessas de ficar lendo feeds de Facebook, eis que um dia uma conhecida postou fotos de seu almoço, como cada dia é mais comum. Olhei a foto curiosa, porque a comida parecia boa mesmo, só que o ambiente tinha cara de casa dos outros.

Alguns dias depois, a mesma conhecida, a ex-Impostora Barbara, postou mais informações sobre o restaurante, o Otto Bistrot. E qual não foi minha surpresa ao saber que, 1 – ficava ao lado de casa, 2 – a proposta do local era Slow Food.

E lá fui eu conhecer a casa. Para minha surpresa, mal entrei e já dei de cara com a própria Barbara, que almoçava por lá. Sentamos juntas e a queridíssima Jackie, que cuida de tudo por ali, me explicou sobre o cardápio, a proposta, o universo e tudo mais.

Funciona assim: é slow food, ou seja, não tem um cardápio fixo, pois depende do que o fornecedor vai entregar de mais fresco no dia – e ainda tem o lance da comida ser sempre uma surpresa. São sempre três opções mais o plat du jour, todos acompanhados de uma entrada que pode ser sopa ou salada. Coincidentemente, minha comida favorita estava no cardápio: coxinha de frango no vinho branco. Acompanhava arroz 7 grãos e beterraba ao limão. De entrada, pedi uma salada de alface com papaia e morango que dispensava qualquer tipo de tempero. Na lateral do prato, duas bruschetinhas DELICIOSAS me fizeram comer soltando impropérios.

Isso foi o que lembrei de fotografar, o resto eu comi.

De sobremesa, pedi uma cuca de baunilha com geléia de morango e sorvete de creme. Enquanto eu comia (e chorava de alegria), a dona do lugar, a Bia, veio me contar que na parte de cima da casa ainda tinha um espaço onde acontecem exposições e mais um salão de cabeleireiro, o La Bohème. E o mais legal: ela abre o espaço para os que estão de saco cheio de fazer home-office e querem respirar outros ares enquanto trabalham. Sério? Posso ir num lugar pra usar o wi-fi e comer bem sem nenhum garçom me olhando feio? Sim, é possível!

Você não precisa estar na Consolação pra conhecer o Otto Bristrot. Aproveita um dia de pouca criatividade na cozinha e se manda pra lá – e me convida, que eu desço rapidinho.

Otto Bistrot
Rua Pedro Taques, 129
Consolação – São Paulo
(11) 3231 5330
Twitter: @ottobistrotsp
E-mail: ottobistrot@ottobistrot.com