Já era quatro da tarde do domingo quando eu lembrei que precisava fazer compras para preparar as marmitas da semana. Minha mãe estava passando um tempo em casa e sugeriu alguns pratos rápidos, pra eu não enlouquecer como de costume e acabar fazendo miojo só de raiva. Foi aí que ela lembrou de uma receita criada pela Edna, que trabalha lá em casa: o Chapisco.

O prato tem esse nome porque ele consiste num grude feito de legumes, arroz e carne moída, e se jogado na parede é bem capaz de criar o efeito homônimo. É tão fácil, tão rápido e tão gostoso, que já virou minha comfort food favorita – e a mais saudável, já que todos sabemos que eu sou bem amiga das frituras.

A receita é mais ou menos assim (sem medidas, porque grude dispensa essas frescuras):

– patinho moído (ou a carne de sua preferência)
– batata
– cenoura
– ervilha
– champignon
– arroz (fiz com integral)
– óleo
– sal a gosto

Frita a carne moída num pouquinho de óleo, até começar a soltar água. Mistura o arroz e os legumes, picados bem pequenininhos, nessa água e espera secar. Pronto, é isso. Se a água não for suficiente, acrescente mais aos poucos, sem ensopar a mistura. Pra dar uma corzinha, pode colocar um pouco de molho de tomate na carne.

Da próxima vez que eu fizer Chapisco, to até pensando em comprar pão francês pra jogar a mistura no meio e comer como buraco quente. Porque o Chapisco conquistou meu coração e vai ser feito semanalmente aqui em casa. Obrigada, Edna!