O bom de crescer em uma chácara era a vasta gama de lugares que possibilitavam uma escalada, desde a nogueira velha no jardim até os batentes das portas, passando pelo maleiro do armário (e quase matando meu pai do coração).

Mas, quando subíamos no portão do condomínio, ouvíamos o seguinte aviso/grito:

– Desce já daí! Sabia que o filho da romichinaider morreu perfurado por uma lança dessas?

Sem ter a menor ideia de quem era o pobre menino, e achando que Romy Schneider era alemão para “a mãe de todas as desgraças”, descíamos na hora.

Que o aviso funcionava, é fato. Mas talvez uma referência menos confusa fizesse o serviço tão bem quanto.