Choke é a prova de que alguns livros podem sim ser passados para o cinema.
E o Zaphod Beeblebrox é meu mais novo amorzinho.