O convidado de hoje é especial. Responsável pelo bom-funcionamento da empresa em que trabalha, ele dá duro de dia, para de noite cumprir sua missão na Terra: vivê, como ele mesmo diria. Chegado numa boa birita e autor da receita mais famosa de virado de feijão, é com orgulho que lhes apresento Paulo do Almoxarifado.


– eu e os parcero da repartissão

1 – Diga três gírias que você só encontra no vocabulário de Paulo.

A não sei si é gíria não esse negocio ai mas eu tenho meus lema de vida. É umas coiza muito simples mas que dis muito pra mim: 1 onde tem busseta nao tem amizade, é o trosso mais certo homi que pega amizade com mulé é tudo viado pode anotar 2 mulé de amigo meu é mulher do mermo jeito, odeio hipocrizia so homi po falo mermo pra minha espoza se a patroa do parcero é gostosa o pau sobe não vamo negá, so qui aí é dois trabalho né subir e descer que tem que respeitar 3 mulé que nega cu é vacilona

2 – Quem entra no seu almoxarifado sem autorização por escrito?

vAgabuno que entrá sem pedi lissensa é um sugeito morto ranco os bago. mais Sem pedir autorizassão so entra a celeste minha patroa beijo pra tu meu doce de coco

3 – Descreva o traje perfeito para aquele domingão inesquecível.

bermudão, peito de fora, pé discalsso, futibolzinho no sol muita água que paçarinho num bebe num churrascão com os parcero da repartissão e umas fêmea na piscina que conviver co a cuecada só é foda

4 – Qual o nome dos seus bacuri?

Valdeci, Vanderlei e Valdéia. filha mulé da trabalho viu é melhor ter menino homi e meus filho puxaro a mim tudo maxo mas amo muito eles, meus beim mais preciozo sem duvida são uns garoto maravilhozo grassas a deus

5 – Paulo, divida com os leitores aquela receita de virado.

dividi tu comigo esse teu virado aí, delícia cremosa