Estou com problema e não estou brincando. Já me basta os de casa balançarem a cabeça em desaprovação, quando eu juro, eu juuuro, que to assustada.
Faz uma semana mais ou menos que eu ando ouvindo, em horários bizarros (quatro da manhã, meio-dia), a voz de uma velhinha gritando, provavelmente do apartamento de baixo. É assim “vagabuuunda, não serve pra naaada, imprestááável!”. Aí ela solta uns gritos de velha no meio, fala mais umas coisas, mas o estranho é que eu nunca ouço a resposta.
Como eu ainda não tive coragem o suficiente para assuntar com o zelador, nem de fazer uma reclamação (porque, convenhamos, quatro fucking da manhã e gritaria não combinam), pensei em algumas explicações:

1 – É um toque de celular;

2 – É pegadinha;

3 – É espírito.

Antes que eu comece a acreditar que sou sensitiva, dêem seus pareceres. Não quero contato com o oculto de ninguém.