Não é todo mundo que sabe, mas este ano sofri uma intervenção por parte da terapeuta, meus pais e Dra. Vodca. Tive que admitir em voz alta as atrocidades que fazia com meu pobre dinheirinho e todas as práticas altruístas que fiz para a família Setúbal.
Passado o período em reabilitação, comecei a zelar mais pelo meu massari. Tanto, mas tanto, que essa semana eu quase tive uma síncope.
Conferindo meu extrato, vi que tinha entrado um cheque na minha conta. Liguei no freela antigo, não era, liguei pra mãe, não era. Liguei pro banco e falei que não era meu. A mocinha ainda falou “ai, tomara que seja, né?” e eu só pensando no dia que o banco ia me ligar pedindo a grana de volta.

Só hoje caiu a ficha que, pois é, eu tenho um novo emprego, e nesses lugares chamados “emprego” eles costumam pagar as pessoas no começo do mês.
E eu ainda paguei o micão de ligar para o financeiro confirmando.

Advertisements