E por falar em ladrilho, no caminho do trabalho tem uma casa – dessas de nouveau riche que se descontrola nas estátuas gregas – cujo dono resolveu revestir a calçada com mármore. Não só, ele fez um caramanchão que pega toda a esquina, então é como passar num túnel de heras logo cedo.
Seria poético se o jardineiro não deixasse aquilo molhado toda manhã. E, confesso, eu torço prá tomar um tombo ali, para ter com quem reclamar.