Eu devo estar perdendo alguma informação muito importante. Tipo que o Bento XVI mudou o nome de Jesus Cristo para Jesus Maravilhoso – neste momento minha avó atira um terço na minha cabeça e diz “Não blasfeme!”. Mas é que hoje no caminho para o trabalho aconteceu de novo. Um sujeito com cara de louco e sotaque de Nerso da Capitinga entrou no trem e começou a pregar: Jesus é Ma-rrra-vi-lhôôô-sôôô, enquanto espalhava seus perdigotos no rosto de um jovem. Aí, mesma coisa, pregou, pregou, pregou e pediu dinheiro prá comprar um pote de paçoca. Perguntou se algum filho de Deus tava no trem.
Nessas horas dá vontade de falar: se você é tão amigo de Jesus, por que veio procurar ele justo aqui?