Ontem, depois de anos arrumando coisas melhores para fazer no domingo à noite, assistimos eu e Marcuix o fenômeno da TV Digital no Brasil. Algumas impressões:

– Primeiro, acho que a redação da nossa revista eletrônica semanal confundiu digital com genital. Teve Gloriamaria FODENDO com a nossa paciência ao mostrar uma tribo do Xingu fazendo um RITUAL DE PEGAÇÃO, e em seguida a mágica do florescer dos fungos de forma FÁLICA. Eles tavam de sacanagem com público.

– Mais do que uma oportunidade de ingresso no mercado, o quadro Profissão Repórter é um deleite para os amigos do Gutierrez. Quase revirei da cadeira ao saber que ele enfrentou 1000km dentro de um busão com a torcida do Curíntia. Malaê, Guti!

– Por fim, morri de chorar com a história do bombeiro que salvou a menininha engasgada fazendo uma manobra de Hamlich por telefone, em Santa Catarina.

Por essas e outras, preciso arrumar o que fazer nos domingos.