Tenho tido sonhos que passam o limite do bizarro. É o resultado de tomar cinco gotinhas de fósforo antes de dormir, pelo jeito.
Só prá exemplificar, ontem sonhei que a Mikki era filha bastarda do meu pai e tinha vindo para o Brasil para se vingar. Aí eu tinha um moletom de plush cor-de-rosa (na verdade, eu TENHO), e ela enrolava as vísceras de um rato morto, com o rabo junto, nele e eu só percebia depois de muito tempo vestindo a peça. Aí, a única pessoa que podia deter a bastardinha era uma conhecida minha que é japonesa, mas no sonho ela era argentina. No fim, minha irmã nos salvava de tudo.

*Olha prá câmera com cara de macaquinho*