Acho que no final das contas eu continuo a mesma pestinha que era quando criança. Tava brincando agora com o cachorro, e resolvi pegar ele no colo, mesmo sabendo que é a coisa que ele mais odeia depois de tomar banho. Minha mãe tava vendo e falou o famoso “óóó que vai dar merda”, mas eu não quis saber.
Resultado: dói até o osso. São quatro furinhos roxos espalhados em torno do pulso, porque eu tive a presença de espírito de não puxar meu braço da boca dele.
A partir de hoje, vou chamar o cachorro de sucuri. Ele pega prá esmagar.