é legal morar numa cidade dita “capital da música” porque sempre tem algum evento no conservatório que valha a pena. o ruim é ter um vizinho que passa a tarde tentando tirar “atirei o pau no gato” no xilofone, sem sucesso. tô quase indo lá e ensinando.