O preço de uma vida remosa é vomitar na lixeira da Estação Barra Funda.

Ah, velhos tempos quando eu batia a cabeça na rua e todas as autoridades municipais vinham dar beijinho na minha testa…