– Quando a puta sem-cintura diz: a puta aqui sou eu, CULEGA.